Aos leitores, bem-vindos e com licença!

Por Emerson Dias //

Assumir um blog com quase uma década de existência é bem diferente de criar um a partir do zero, mas foi exatamente a proposta feita por Fábio Silveira: publicar com independência, sem mimetismo e ao mesmo tempo com base na linha editorial que consolidou o Baixo Clero como uma referência de mídia alternativa para Londrina, o Paraná e onde mais os braços virtuais puderam alcançar. Por isso, aos leitores um “bem-vindo” junto a um “com licença”.

Como bem disse Silveira no último post como frontman do blog, temos perfis semelhantes sobre “pensar o mundo” a partir de nossos olhares jornalísticos. Mais que isso: realizamos, juntos, trabalhos que transitam entre o ambiente universitário e o Jornalismo como função social. O primeiro lá nos idos de 2011, quando ele participou como fonte e entrevistado do documentário “A Década Perdida” (orientado por mim, junto a formandos de Jornalismo da UEL), que analisava os resultados do escândalo Ama-Comurb após dez anos de investigações.

Outros bons exemplos que compartilho foram os dois debates públicos que organizamos (eu como produtor e Silveira como mediador) junto com antenadíssimos estudantes de Jornalismo na UEL. Em 12 de junho de 2012, a equipe conseguiu antecipar em semanas o debate político em Londrina ao reunir seis candidatos à prefeitura da cidade.

No ano seguinte, dia 2 de maio de 2013, o assunto foi Transporte Público, antecipando em um mês o tema que provocou mobilizações nas principais capitais do país (quem não se lembra do slogan “Não é só pelos 20 centavos” surgido nas passeatas de julho, em alusão ao aumento das passagens de ônibus?).

Desde então, seguimos trocando ideias e inconformismos, oferecendo reportagens, eventos e convidados que debatam questões relevantes junto ao público: ele no blog e pelo extinto Jornal de Londrina (JL); eu em trabalhos freelancers na Folha de Londrina, UOL Notícias ou via Folha de S. Paulo, por exemplo.

Como podem ver, os arquivos desta breve apresentação não tratam de memórias pessoais, mas de ações coletivas envolvendo Jornalismo e a comunidade londrinense. Pois bem, a partir de hoje o Baixo Clero não será mais capitaneado por Fábio Silveira (que segue novos rumos profissionais até que um dia possa voltar ao front que construiu).

O blog trará publicações semanais com base em trabalhos coletivos envolvendo produções textual e audiovisual. Uma cobertura/releitura de fatos importantes com o amparo de boas imagens, entrevistas e informações. Continuaremos acompanhando os bastidores da política, os corredores de câmaras e assembleias, mas buscaremos histórias e imagens periféricas dos arrabaldes, aquilo que erroneamente é tratado como “à margem” (portanto, marginal) da sociedade. Movimentos sociais e culturais também serão destaque no Baixo Clero por entender que a arte popular sempre nos alimenta de perspectivas e não apenas de sonhos.

Conto com vocês, leitores, interlocutores e também mobilizadores por uma cidade e um Estado menos desigual. Da coincidência desta postagem inicial com o 4 de julho norte-americano, opto por citar o clássico trecho da Declaração da Independência, assinada neste dia lá em 1776: a de que todos os homens são iguais e dotados de direitos inalienáveis, dentre estes “a vida, a liberdade e a procura da felicidade”. Procuremos então, juntos, a felicidade coletiva para Londrina e para o país.

Obrigado pela atenção e boa sorte ao Fábio Silveira.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *