Sob ataque e tentativa de desmonte, UEL está entre as 15 universidades brasileiras respeitadas no mundo

Mesmo sob tentativa de desmonte e ataque imposto pelo governo Beto Richa (PSDB), que tenta sequestrar a autonomia para controlar politicamente as universidades estaduais, a UEL está entre as 15 universidades brasileiras mais respeitadas no mundo. A informação aparece num ranking organizado pela consultoria QS, divulgado na semana passada. Na lista das universidades mais respeitadas do Brasil no mundo, além da UEL estão sete universidades federais (Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade Federal de São Paulo, Universidade Federal do Rio Grande Do Sul, Universidade Federal de Minas Gerais, Universidade de Brasília, Universidade Federal de São Carlos e Universidade Federal de Santa Catarina), cinco estaduais (além da UEL, Universidade de São Paulo, Universidade Estadual de Campinas, Universidade Estadual Paulista e Universidade do Estado do Rio de Janeiro) e três PUCs, as de São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

Fazer da UEL uma universidade respeitada internacionalmente é praticamente um milagre, principalmente se for considerado o esforço do governo para sucateá-la;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *