“Modernização” dará ao Brasil direitos trabalhistas da Inglaterra do Século XVIII, diz juiz

Está no blog Bicho Pau, do Jornalista Lino Ramos, do site da Paiquerê AM: na avaliação do juiz trabalhista Reginaldo Melhado, da 6ª Vara do Trabalho de Londrina, a reforma trabalhista imposta pelo governo Michel Temer (PMDB), tratada pelo milionário marketing oficial – que não sai da mídia, apesar das queixas do governo de que há dificuldades para fechar as contas públicas – como “modernização” trabalhista, será um grande retrocesso, levando o país à “modernidade” do século XVII da Inglaterra ou análogas ao Camboja atual. Pelas palavras de Melhado, a reforma de Temer será “uma volta ao passado”, com “precarização do trabalho, a piora dos níveis salariais, o trabalhador vai viver pior, vai ter menos salário, condições de trabalho mais degradantes ainda e a situação da economia tende a piorar dramaticamente com a aprovação desse projeto”.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *