Movimentos sociais preparam o Dia Nacional de Mobilização, em Londrina

Movimentos sociais de Londrina participam na próxima sexta-feira, do Dia Nacional de Mobilização contra as reformas propostas pelo governo Michel Temer (PMDB), particularmente a trabalhista e a da Previdência, além da terceirização das atividades principais das empresas, aprovada na semana passada pela Câmara Federal, com o apoio dos deputados federais Alex Canziani (PTB) e Luiz Carlos Hauly (PSDB), que têm base na região – há um segundo projeto de terceirização, um pouco mais ameno que o da Câmara, tramitando no Senado. Em Londrina, a mobilização está sendo organizada por sindicatos e coletivos e começa a partir das 16 horas, no Calçadão. De lá os manifestantes devem ir para o Terminal Urbano, conversar com a população. A palavra de ordem é “Nenhum direito a menos”.

O Dia Nacional de Mobilização faz parte da articulação de forças para a segunda greve geral, marcada para abril. No dia 15 de março, a primeira greve geral reuniu cerca de 7 mil pessoas em Londrina, número divulgado pela imprensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *