Marcelo Belinati promete não retaliar servidores que aderirem à Greve Geral

O Núcleo de Comunicação da Prefeitura de Londrina divulgou nota agora à tarde afirmando que o prefeito Marcelo Belinati (PP) não vai retaliar os servidores que aderirem à Greve Geral marcada para amanhã. Segundo o N.Com, os servidores que aderirem o movimento poderão “utilizar do banco de horas para desconto da falta” e que “não havendo horas adicionais, poderá optar pelo desconto de um dia de férias ou de licença-prêmio”. De acordo com a prefeitura, a escala de plantão nas unidades de Saúde está mantida e as escolas que paralisarem suas atividades nesta quarta-feira farão a reposição das aulas. Abaixo a íntegra da nota da prefeitura de Londrina:
 

Sobre a paralisação nacional contra a Reforma da Previdncia, organizada por diversos sindicatos, a Administração do Governo Marcelo Belinati se solidariza com os trabalhadores que se opõem às propostas da Reforma da Previdência.

Atendendo à solicitação do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Londrina (Sindserv), a Administração informa que: 

Os trabalhadores que forem se manifestar nesta quarta-feira, 15 de março, não terão os seus direitos prejudicados, podendo para isso utilizar do banco de horas para desconto da falta. Não havendo horas adicionais, poderá optar pelo desconto de um dia de férias ou de licença-prêmio;

Na Saúde, os servidores que estão em escala de plantão deverão cumprir a sua jornada, sem prejuízos à população;

Na Educação, as escolas onde houver a opção pela paralisação das atividades, serão necessários a reposição das aulas, sem prejuízo do calendário escolar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *