Boca Aberta pede dinheiro na internet para pagar multa imposta pela Justiça Eleitoral

O vereador Emerson Petriv (PR), o Boca Aberta, abriu uma campanha na internet pedindo a ajuda de internautas para pagar uma multa de R$ 8 mil junto à Justiça Eleitoral, alegando que é perseguido por “defender o povo”. A campanha foi aberta na segunda-feira, com um vídeo postado pelo vereador, no qual ele pede R$ 1 para cada um dos seus seguidores – segundo ele 43 mil pessoas o seguem no facebook. Como vereador, Petriv ganha R$ 12,9 mil brutos (R$ 9,7 mil líquidos), mas fica com R$ 1,9 mil, alegando que vereador tinha que ganhar salário de professor, e cumpriu até aqui a promessa de doar o restante do valor líquido, cerca de R$ 7,8 mil, ao Hospital do Câncer de Londrina. Com um mês da doação feita ao Hospital do Câncer o vereador pagaria a multa.

Boca Aberta disse ao Baixo Clero que não pretende quebrar a promessa de fazer as doações ao Hospital do Câncer, daí o pedido de ajuda aos internautas. No vídeo postado na segunda-feira e que já tem 8,4 mil visualizações, 236 compartilhamentos e mais de 560 curtidas, Petriv afirma que o valor que exceder aos R$ 8 mil para pagamento da multa será doado à ONG Viver, que dá apoio a pessoas que vêm de outras cidades para fazer tratamento de câncer em Londrina.

Entre os casos citados pelo vereador para justificar a tese da “perseguição” está o da “blitz da saúde”, na qual ele cobrou o cumprimento da escala de médicos na UPA do Jardim do Sol. Profissionais de saúde fizeram  representações contra ele, inclusive junto à Câmara – o caso está sendo investigado pela Comissão de Ética –, acusando-o de abuso de autoridade.

Ação

Na ação em que foi condenado a pagar multa, Petriv foi acusado de fazer propaganda na UPA. Em sua defesa, o hoje vereador – na época candidato – diz no processo que não estava no local como candidato, mas como um “cidadão indignado” com os problemas no atendimento prestado pela unidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *