Movimentos de direitos humanos querem apresentar políticas do setor a políticos

Trinta representantes de movimentos de direitos humanos se reuniram ontem, em Londrina, para articular a implementação de ações relacionadas às propostas aprovadas pela I Conferência Municipal de Direitos Humanos, realizada em janeiro do ano pasado. Um dos encaminhamentos é apresentar às autoridades o que tem sido feito com relação à questão dos direitos humanos em Londrina. De acordo com Carlos Enrique Santana, do Movimento Nacional de Direitos Humanos (MNDH), a medida mais importante foi a criação da Defensoria Pública na cidade. Também foi citada a “melhoria no atendimento humanizado na Delegacia da Mulher”.

A apresentação será feita ao prefeito Marcelo Belinati (PP) e à Mesa Executiva da Câmara e o objetivo, segundo Santana, é mostrar para a sociedade londrinense a importância das políticas para o setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *