Boca Aberta começa como protagonista da nova Legislatura

Os vereadores eleitos em outubro do ano passado e empossados em janeiro se reúnem hoje à tarde, na primeira sessão ordinária da nova Legislatura. No primeiro mês, ainda sem a realização de sessões, quem pautou a nova Câmara foi Émerson Petriv (PR), o Boca Aberta, vereador mais votado de Londrina e do Paraná. Petriv protagonizou o noticiário ao entrar na UPA do Jardim do Sol, gravando imagens com o seu celular e discutindo a escala de plantões dos médicos da unidade. Um dos vídeos teve quase 700 mil acessos em uma semana.

O episódio teve outra repercussão, que tornou a Comissão de Ética, a ser escolhida na sessão desta quinta-feira numa das mais importantes a serem disputadas: duas representações questionando o comportamento de Boca Aberta foram encaminhadas à Câmara e devem ser objeto de análise da Comissão.

A outra questão que faz de Boca Aberta um dos protagonistas da nova Câmara, é que ele começou a cumprir a promessa de dispensar a maior parte do seu salário de R$ 12,9 mil brutos e viver com R$ 2,9 mil, salário de professor em começo de carreira: entregou um cheque como doação ao Hospital do Câncer. A medida é populista e não resolve os problemas financeiros da prefeitura, mas garante repercussão e deixa os outros vereadores na defensiva.

A Legislatura que tem Boca Aberta como protagonista começa hoje, com a eleição das comissões permanentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *