Assembleia dos servidores discute “calote” e “ida para Curitiba”

Servidores da UEL deve realizar assembleia extraordinária hoje à tarde, a partir das 14h, no Centro de Ciências Humanas (CCH), para analisar o rompimento unilateral do governo com o funcionalismo estadual, para discutir a reposição das perdas salariais de 2016. A assembleia foi convocada pela Assuel, o sindicato que representa a categoria. Na convocação, a entidade colocou como pautas o “calote do governo” e a “ida para Curitiba”.

Quanto à viagem para a capital, o objetivo é acompanhar, na próxima terça-feira, a votação pela Alep da emenda proposta pelo governo ao orçamento de 2017. A emenda retira a possibilidade de reposição da inflação de 2016 nos salários dos servidores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *