Professores da UEL decidem hoje o futuro do movimento

Professores da UEL realizam hoje, a partir das 14h30, no anfiteatro do Pinicão, no Centro de Ciências Biológicas (CCB), uma assembleia para decidir se continuam ou não com a greve deflagrada na semana passada. Ontem foram realizadas reuniões por centros de estudos, que passaram os posicionamentos de cada área para o comando de greve.

Em assembleias realizadas ontem, no HU e no campus, os servidores decidiram dar continuidade à greve, a exemplo do que fizeram os professores e servidores da rede estadual de ensino, na dividida assembleia organizada pela APP-Sindicato, realizada sábado, em Curitiba.

Servidores protestam contra a decisão do governador Beto Richa (PSDB), de recuar no acordo que pôs fim à greve do ano passado.

Enquanto se discute a continuidade ou não do movimento, a UEL teve ontem a sua primeira ocupação protagonizada por estudantes: foram estudantes do curso de Artes Cênicas que decidiram ocupar o prédio do curso, no Centro de Educação, Comunicação e Artes (Ceca).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *