Deu na Paiquerê: reparos nos viadutos da PR-445 custarão entre R$ 15 milhões e R$ 20 milhões

Os reparos às falhas estruturais nos viadutos que fazem parte da duplicação da PR-445 vão custar entre R$ 15 a R$ 20 milhões. A informação foi divulgada ontem pelo jornalista Lino Ramos, da Paiquerê AM e do blog Bicho Pau, no site da Paiquerê. A avaliação é do engenheiro Vitor Faustino Pereira, especialista em cálculo estrutura de pontes e viadutos, em entrevista a Ramos, no Jornal da Manhã da Paiquerê. Ele se refere aos viadutos no cruzamento com a avenida Dez de Dezembro e com a avenida Walemar Spranger.

A duplicação do trecho urbano da PR-445, entre Londrina e Cambé, é uma obra importantíssima para a região, quanto a isso não existem dúvidas. É a maior e também a mais “enrolada” obra do governo Beto Richa (PSDB) para a região. E também já foi bastante explorada politicamente. Em 2014, a previsão era de que a obra seria entregue em setembro, ainda antes do primeiro turno da eleição que reconduziu Richa ao governo. Passados dois anos e com o segundo mandato chegando à metade, a obra foi parcialmente entregue e os dois viadutos em questão – com as suas falhas estruturais e rachaduras – se transformaram numa novela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *