Orsi corrigiu “pra cima” o rombo do Ama/Comurb

Num dos blocos do debate, o candidato Valter Orsi (PSDB) afirmou que o tamanho do rombo deixado pelo escândalo Ama/Comurb, ocorrido no terceiro e inacabado mandato de Antonio Belinati (1997-2000) foi de R$ 1 bilhão. Ele errou no cálculo: com o auxílio da Calculadora do Cidadão, disponível no site do Banco Central do Brasil, o Baixo Clero atualizou o valor: os R$ 186 milhões, valor da venda das ações da Sercomtel para a Copel, feita em maio de 1998 e que é considerado o tamanho do prejuízo do caso Ama/Comurb, se atualizados com base no IGP-M (FGV) até 31 de agosto, viram R$ 824,9 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *