Justiça indefere candidatura de Flávia Romagnoli, da Rede

A advogada Flávia Romagnoli, candidata da Rede à Prefeitura de Londrina, teve a candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral, segundo informa o site de divulgação de candidaturas. A informação já tinha sido divulgada no blog Perspectivas, do jornalista Edson Ferreira. Segundo o blog, além da chapa majoritária, os três candidatos a vereador pela Rede também foram impugnados. A candidata deve recorrer da decisão. Flávia Romagnoli está enfrentando a direção estadual do seu partido para ser candidata em Londrina. No final de julho, às vésperas do prazo final para as convenções partidárias, a direção estadual da Rede dissolveu a comissão provisória de Londrina, o que teria tornada nula a convenção que definiu candidatos. A decisão foi confirmada pela direção nacional da Rede. Flávia responde a um processo disciplinar no partido: ela foi expulsa pela direção estadual, mas está recorrendo junto à nacional.

O pedido de expulsão contra ela gira em torno das conversas com um vereador de Londrina sobre o ingresso dele na Rede. No final de agosto Flávia disse ao Baixo Clero que o vereador foi orientado por outro filiado – não por ela – a ler o estatuto do partido porque “o mandato é coletivo, [o vereador] tem que prestar conta dos votos principais, em matéria como saúde e meio ambiente [os votos devem adotar a linha do partido]” e pessoas o partido precisam compor o gabinete do vereador. Isso foi interpretado pelos adversários de Flávia e do seu grupo como um “pedido de cargo”. “Eu nunca conversei com o vereador sobre a Rede”, afirmou a candidata. E quanto à conversa feita por outro filiado, ela afirmou que foi “distorcida” para embasar os pedidos de expulsão. “Vamos nos defender judicialmente civil, criminal e eleitoralmente”, concluiu.

Caso a candidata da Rede não consiga reverter o indeferimento, os londrinenses irão às urnas escolher entre sete – e não mais oito – candidatos a prefeito. Todos os outros sete tiveram suas candidaturas deferidas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *