Direção nacional da Rede anula convenção de Londrina que definiu candidatura própria

SITE REDE

Está no site nacional da Rede Sustentabilidade: a direção nacional do partido – que os integrantes chamam de Elo – divulgou uma nota anulando a convenção do partido em Londrina, que aprovou a candidatura da advogada Flávia Romagnoli à Prefeitura de Londrina. Na resolução, datada de 13 de agosto e publicada ontem à noite, o partido alega que Flávia responde a processo disciplinar junto ao Elo Estadual e por isso está “com os seus direitos de filiada suspensos”. Também aparece no texto o argumento de que a direção estadual do partido dissolveu a comissão provisória de Londrina no dia 28 de julho e por isso, a convenção realizada em 4 de agosto não é válida. O justificativa da direção estadual do partido para dissolver a comissão provisória foi “evitar que o partido se desvirtuasse de seus ideais e finalidades com base nos valores éticos e estatutários”.

Procurada pelo Baixo Clero, Flávia Romagnoli afirmou que está recorrendo internamente da decisão do partido – a direção estadual a expulsou, mas a candidata está com recurso à direção nacional – e que nesse momento essa decisão não interfere na candidatura a prefeita, já que o registro já foi feito na Justiça Eleitoral. “A decisão da retirada da candidatura tem que ser vai juiz eleitoral”, afirmou. O prejuízo nesse momento é político. “Estou perdendo tempo em discutir uma situação de expulsão criada por uma pessoa aqui da cidade e que está submetendo todo o partido a um julgamento”, lamentou a candidata.

Sobre o pedido de expulsão em si, a questão gira em torno das conversas com um vereador de Londrina sobre o ingresso dele na Rede. Segundo Flávia, o vereador foi orientado por outro filiado – não por ela – a ler o estatuto do partido porque “o mandato é coletivo, [o vereador] tem que prestar conta dos votos principais, em matéria como saúde e meio ambiente [os votos devem adotar a linha do partido]” e pessoas o partido precisam compor o gabinete do vereador. Isso foi interpretado pelos adversários de Flávia e do seu grupo como um “pedido de cargo”. “Eu nunca conversei com o vereador sobre a Rede”, afirmou a candidata. E quanto à conversa feita por outro filiado, ela afirmou que foi “distorcida” para embasar os pedidos de expulsão. “Vamos nos defender judicialmente civil, criminal e eleitoralmente”, concluiu.

1 comment for “Direção nacional da Rede anula convenção de Londrina que definiu candidatura própria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *