Deputados criam Frente Parlamentar por Direitos Trabalhistas

Foi lançada nesta semana, na Assembleia Legislativa do Paraná, a Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos dos Trabalhadores do Campo e da Cidade, com o objetivo de combater as tentativas de reduzir conquistas e direitos dos trabalhadores, agenda que deve ganhar força com a provável confirmação do impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff (PT) e a confirmação do hoje interino Michel Temer (PMDB) na presidência da República até 2018, quando se encerra o atual mandato. A agenda de Temer, que é casada com a da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e da Confederação Nacional da Indústria (CNI), passa pela flexibilização da CLT e de direitos dos trabalhadores.

A frente será coordenada pelo deputado Anibelli Neto (PMDB), ironicamente membro do mesmo partido de Temer. A Frente Parlamentar da Alep deve atuar em conjunto com a Frente Parlamentar Mista do Congresso Nacional que foi criada com o mesmo objetivo.

Dos três deputados estaduais com base na região, apenas Tercílio Turini (PPS) faz parte da frente. Os outros dois, Tiago Amaral (PSB) e Cobra Repórter (PSC), ficaram de fora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *