Osmar Dias volta ao Paraná de olho no governo

O jornalista Celso Nascimento publicou ontem, na sua coluna, da Gazeta do Povo, que o ex-senador Osmar Dias está de volta ao Paraná, depois de uma temporada em Brasília, onde ocupou uma diretoria do Banco do Brasil, no governo da presidente afastada Dima Rousseff (PT). Ele retorna para comandar o PDT nas eleições municipais deste ano, mas já de olho no governo do Estado, que estará em disputa em 2018. Osmar concorreu em 2006, quando perdeu para Roberto Requião (PMDB) por 10 mil votos e em 2010, quando perdeu para Beto Richa (PSDB) no primeiro turno.

Uma candidatura dele em 2018 seria beneficiada pelo vácuo político que será deixado pela gestão de Richa (assim como Alexandre Kireeff em Londrina, Richa deve deixar o vácuo como legado político). Diante de adversários como Ratinho Júnior (PSD), Cida Borghetti (PP) ou do próprio Beto Richa, ele ganha ares de “estadista”. O problema é que uma vitória de Osmar Dias manteria o rodízio de famílias que se revezam no governo do Estado desde a década de 1980.

Com a eleição municipal ainda começando, os políticos já estão com a cabeça em 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *