Comissão da Verdade da UEL recebe procurador de Justiça

O procurador de Justiça, Olympio Sotto Maior Neto, membro da Comissão Estadual da Verdade, vem à cidade nessa sexta-feira, para uma reunião com a Comissão da Verdade da Universidade Estadual de Londrina (UEL), que investiga violações de direitos humanos ocorridos durante a ditadura militar (1964-1985). Ele participa de reunião do Conselho Universitário da UEL pela manhã e à tarde participa da reunião da Comissão da Verdade da Universidade.

As Comissões da Verdade Nacional e Estadual foram criadas, respectivamente, em 2011 e 2012, para apurar crimes ocorridos durante a ditadura e para reconstruir a memória do período. Na UEL, a principal fonte de informações para a apuração são os registros feitos pela Assessoria Especial de Segurança e Informação (AESI), que funcionava dentro da instituição, para “vigiar” a comunidade universitária e identificar quem fazia oposição à ditadura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *