MP quer que governo dobre o efetivo da Polícia Civil

O Ministério Público entrou com uma ação na Justiça pedindo uma liminar obrigando o governo do Estado a repor delegados, escrivães e investigadores na defasada estrutura da Polícia Civil em Londrina, sob pena de que o secretário estadual da Fazenda, Wagner Mesquita, seja pessoalmente multado em R$ 5 mil por dia de não cumprimento da decisão. Na ação assinada pelos promotores Cláudia Piovezan e Guilherme Franchi Santos , o MP pede que a Justiça determine que seja dobrado o efetivo da Polícia Civil em Londrina. Segundo os promotores, atualmente a cidade tem 14 delegados, 29 escrivães e 124 investigadores.

Os promotores pedem ainda que seja reativada a Delegacia de Tamarana, com delegado e “equipe completa e escrivães e investigadores”. O pedido do MP é de que a recomposição dos quadros da Polícia Civil seja feita em até 90 dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *